A Candidatura da Guarda a Capital Europeia da Cultura 2027 é mais do que uma aposta num título ou a preparação de um ano de eventos. É um projeto regional, participado por 17 Municípios, que pretende desenvolver a Beira Interior a partir da sua dimensão cultural.

A propósito de uma programação de dimensão europeia para o ano de 2027, queremos pensar o futuro do nosso interior: Quem somos? Que heranças guardamos? Em que nos distinguimos? Que novos apelos queremos deixar para habitantes e visitantes

Pretende-se revitalizar, desenvolver, inovar, envolver, provocar e afirmar. Com esta Candidatura queremos criar condições para o desenvolvimento artístico e cultural, social, económico e sustentável. Podemos contrariar a desertificação, corrigir assimetrias e abrir portas a todos.

Queremos, acima de tudo, usar o pretexto da Candidatura para valorizar a qualidade de vida das pessoas. Este é um projeto de todos e para todos. E desejamos o envolvimento de toda a região da Beira Interior, para que esta transformação se concretize e perdure.

É esta a nossa aposta de futuro.